Marketing Digital: conheça os 6 principais objetivos

marketing digital

O marketing digital está cada vez mais presente na vida das empresas e das pessoas. E isso é irrefutável. Não precisa ser nenhum adepto do futurismo para ver que estamos mudando profundamente o modo como nos relacionamos, tomamos decisões e como a produção de produtos acontece.

Da conquista da admiração nas marcas por parte dos consumidores, cada vez mais conectados e interativos, à ascensão dos novos líderes empresariais, chegando nos principais parques produtivos ao redor do mundo, com a indústria 4.0, que vem se tornando realidade no dia a dia das empresas, a internet é a grande transformação.

Falando em outras palavras, logo teremos outra vida, sem deixar esse corpo. E isso não se trata só de você, mas também da sua empresa. Você já pensou nisso? Já tinha imaginado que a sua empresa teria o poder de nascer novamente? Pois ela tem. Logo os processos de fabricação de produtos vão estar interligados com sistemas na internet e muito provavelmente vão ganhar colaboradores robôs.

Portanto, a internet é indispensável. Sendo assim, se o seu marketing digital ainda está engatinhando, comece logo essa caminhada, sem pensar se é o melhor caminho. Melhor pensar que é o único caminho a seguir. E nessa peregrinação, todos estamos, isso significa que os seus clientes e os seus concorrentes também seguem nessa direção, a não ser que estejam pensando em fazer uma tour para Marte, assim que um novo grupo de empresários disruptivos decidirem que precisam esticar as pernas no final de semana, no planeta velho. Mas sem querer antecipar os fatos, se esse pessoal está em Marte, é possível que o espaço não seja um terreno neutro quando falarmos em transações comerciais, isso para exercitarmos nossa habilidade de gerar insights.

Acredito que você está convencido de que vai precisar do marketing digital e mais algumas conexões para seguir no mundo dos negócios e possivelmente, vivo. Nesse caso, eu trouxe um panorama dos objetivos mais básicos do marketing digital.

Objetivo 1 –  Atrair a atenção. Ajude os potenciais clientes a resolver problemas

Quem não tem um problema que precisa ser resolvido? O seu potencial cliente tem muitos, mesmo que ainda não tenha percebido isso. Na economia da atenção, que é o tempo que consumidores e clientes ficam no seu site, transformando a sua marca na grande influenciadora das suas decisões, é preciso saber resolver problemas, ser utilitário, falar de temas que interessam, que podem estar relacionados com o seu produto ou até mesmo mais relacionado com as necessidades do seu cliente. 

Escrever um conteúdo centrado no usuário é o que faz as empresas alcançarem as melhores conexões. Escrever quais soluções podem embarcar o seu produto é um bom começo, mas talvez  o seu cliente possa estar interessado em como desenvolver um novo projeto de empreendedorismo no mercado da eletrônica. Quer uma sugestão? Escreva sobre isso. Vai ser bem mais fácil atrair a atenção dele.

Objetivo 2 –  Conversão de Leads. Conteúdos que os seus prospectos podem utilizar para um projeto

O segredo é ajudar os seus potenciais clientes a alcançar um objetivo ou fazer melhor o que eles já fazem. Se você oferece um conteúdo relevante e útil, o prospecto vai perceber que o site da sua empresa é uma verdadeira fonte de aprendizagem e informações importantes. 

Neste caso, ele não vai se importar em dar os dados básicos para acessar um conteúdo que pode ser um ebook ou um webinar, para saber como executar um projeto que ele quer ou entender melhor sobre um mercado ou uma tendência que vem se mostrando importante. Sem perceber, o potencial cliente começa um relacionamento com a sua marca, inicialmente sem um objetivo de compra, mas para saber mais sobre um assunto ou tema. 

Já para a equipe de marketing, é uma oportunidade para seguir conduzindo esse lead para estágios mais avançados do funil de marketing e vendas e jornada de compra. Para seguir adiante, basta ver qual foi o assunto de interesse do prospecto e seguir o relacionamento com o envio de um fluxo de emails, que pode ser automatizado, para aumentar a produtividade e agilizar a construção desse novo relacionamento. 

Objetivo 3 –  Relacionar com leads. Engajar e avançar na jornada de compra

Hoje todos nós somos bombardeados com informações de todos os lados, no email, no celular, etc. Estar presente junto a um potencial cliente faz a diferença. Se ele receber mensagens com informações que ajudam em um projeto ou como resolver um problema, isso tem um valor significativo.

Da mesma forma, além da presença da marca, o sentimento de confiança na empresa cresce junto ao potencial cliente, porque ele percebe que está falando com pessoas especialistas no assunto ou que estão engajadas na mesma causa que ele.

O tempo investido ao abrir um email é convertido em valor, já que encurta a distância entre a necessidade de resolver algo que precisa ter um desfecho e a solução do problema. Nesta etapa podem ser utilizadas algumas estratégias, como enviar uma newsletter com temas específicos e até enviar entrevistas com influenciadores do mercado. Imagine precisar executar um projeto em eletrônica e receber um vídeo com dicas de um especialista que tem um projeto consagrado no mercado.

Objetivo 4 –  Oportunidades de vendas. Leads qualificados para receber uma proposta de compra

Compras

Este é um ativo valioso para as empresas, porque transforma o trabalho do marketing em resultado e otimiza os esforços da equipe de vendas, que gasta menos tempo com prospecção de clientes ou apresentando os cases da empresa para leads, que nunca ouviram falar da sua marca.

Os leads qualificados são contatos que acessam os conteúdos com certa fidelidade. Isso cria proximidade entre o lead e a empresa. Os conteúdos são excelentes ganchos para um vendedor ligar e perguntar o que o lead achou de um ebook ou um webinar, abrindo caminho para uma escuta qualificada. O potencial cliente começa a falar do conteúdo, do que ele gostou mais e como as informações apresentam relação com o problema que ele precisa resolver. Neste ponto, o vendedor usa a habilidade de escutar e levantar informações, para em seguida oferecer mais informações, mais alinhadas às necessidades apresentadas pelo lead.

Temos aqui o começo de uma conversa que, se bem conduzida, tem forte probabilidade de se converter em venda.

Objetivo 5 –  Aumentar vendas. Trabalho em conjunto para atingir metas

Com mais oportunidades em mãos, fica mais fácil para a equipe de vendas aumentar a taxa de conversão de propostas comerciais para novos clientes. Nesta etapa do projeto já dá para perceber bem o efeito funil, bastante conhecido no marketing digital atual. Quanto mais trabalhar o posicionamento da marca na web e a etapa de atração de atenção e tráfego no site – topo do funil -, mais pedidos de orçamentos devem aparecer no fundo do funil, para serem trabalhados pela equipe de vendas.

Ajustes em cada etapa separadamente podem destravar o processo como um todo e facilitar o alcance de metas de vendas. É possível trabalhar diferentes funis de marketing e vendas definidos por produtos, por exemplo.

A maturidade no método de marketing digital e vendas permite que a equipe trabalhe em conjunto, em busca das mesmas metas, muitas vezes com reuniões de alinhamento para refinar o processo.

Objetivo 6 –  Fidelizar clientes. Construindo relacionamentos personalizados

Toda a empresa que faz uma venda e esquece dos clientes não causa a melhor impressão, além de correr mais risco de perder oportunidades de vendas junto a carteira de clientes para os concorrentes.

Atender às necessidades dos clientes de forma personalizada pode ser a maneira de construir uma parceria lucrativa de longo prazo. Conhecer os clientes também possibilita a entrega de soluções com maior agilidade e exclusividade. Nesta etapa do projeto do marketing digital podem ser traçadas novas metas de recompra, o que chamamos de upsell e cross sell. Fortalecer o relacionamento com os clientes pode fazer uma boa diferença no faturamento.

Espero que você tenha gostado deste artigo. Estes são os objetivos mais básicos do marketing digital. Temos ainda muitos objetivos que podemos trabalhar, dividindo o planejamento de marketing em comunicação administrativa, comunicação interna, mercadológica e institucional, sempre orientando ações para os stakeholders mais importantes. Mas este é assunto para um próximo artigo.

 

Entre em contato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.